RCB/TuneIn
S√°bado, 20 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
CANDIDATURA DO PS √Č UM "BLUFF"
Rádio Cova da Beira
A acusa√ß√£o deixada por Paulo Tourais no debate promovido pela RCB com os candidatos √† uni√£o de freguesias da Covilh√£ e Canhoso. Um debate onde o candidato do BE denunciou acordo "cozinhado" entre PS e PSD para a c√Ęmara da Covilh√£ e a CDU "desmascara" candidatura independente. O Espa√ßo das Idades n√£o faltou ao debate com Ant√≥nio Rebord√£o a assumir sal√°rio em atraso aos 8 funcion√°rios.
Por Paula Brito em 24 de Sep de 2013

Outras da categoria:

Até final da passada semana o Espaço das Idades ainda não tinha pago o salário de Agosto aos funcionários. A confirmação deixada por António Rebordão no debate promovido com os candidatos à união de freguesias de Covilhã e Canhoso. O candidato do PSD diz que a situação está desbloqueada com empréstimos de privados e que em breve o pagamento aos 8 funcionários do espaço será feito "desde Janeiro não recebemos um tostão do município da Covilhã, tem sobrevivido de verbas próprias do Espaço, infelizmente neste mês de Agosto fomos espoliados do património que tinhamos naquele espaço e isso impede-nos de continuarmos a exercer actividades para o espaço e de termos fundos próprios para fazer face, neste mês de Agosto, aos funcionários".

Sobre o Espaço das Idades, Carlos Martins entende que a gestão deve ser  da nova junta "em diálogo com o município". Para o candidato do PS "é necessário haver uma gestão rigorosa, com transparência, e mais valências direccionadas a todos, mas também aqueles que precisam".

António Assunção, do Bloco de Esquerda defende uma gestão transparente e apartidária daquele espaço que pode ser replicado em outros locais da cidade "defendemos a proliferação de mais espaços das idades por exemplo nas associações, mas há uma coisa, quando se trata de dinheiros públicos a gestão deve ser entregue por concurso público e não por amizade e cores partidárias como foi o caso deste".

Para o candidato da CDU, Jorge Fael, a polémica em que tem estado envolvido o Espaço das Idades representa tudo o que não deve acontecer "quando se instrumentaliza um equipamento, pessoas, sentimentos e necessidades das pessoas é isto que acontece, vamos ter que redefinir modelo de gestão, modelo de financimanto, e abrir aquele espaço à participação e transparência, eu defendo administração municipal com participação das colectividades".

Se for eleito presidente de junta da União de freguesias de Covilhã e Canhoso, o candidato independente Paulo Tourais, quer acabar com o litígio em que está envolvido o espaço das idades "a primeira coisa a fazer é revogar imediatamente a procuração passada pela junta de Sta. Maria ao advogado para proceder ao litígio com a câmara municipal porque aquilo que pretendo é sentar-me à mesma mesa do futuro presidente da câmara por forma a devolvermos aquele espaço aos utilizadores, e que precisa uma dinamização diferente daquela que tem sido dada, porque como o próprio nome indica não é Espaço da terceira idade mas sim das idades, tem que ser uma estrutura para dar apoio a todas as idades".

O candidato do projecto Paulo Tourais - Acreditar Covilhã, diz que candidatura de Carlos Martins é um "bluff", recordando que o candidato do Partido Socialista é simultaneamente o número dois do PS à câmara municipal e que se for eleito não pode exercer os dois cargos "estamos a falar aqui com o verdadeiro candidato à união de freguesias ou estamos a falar com uma figura que o PS encontrou, que aparentemente tem alguma notoriedade, e que está desta forma a enganar os eleitores porque se ganhasse como é que ele faria uma vez que está impedido de estar nos dois sítios?".

Na resposta Carlos Martins deixou cair o cargo de vereador na câmara da Covilhã,  se for eleito presidente da União de freguesias de Covilhã e Canhoso vai cumprir o mandato de presidente de junta até ao fim "ao contrário de outros que deixaram de ser presidentes de junta para virem para o município, eu sempre cumpri com os meus mandatos até ao fim, eu sou o cabeça de lista da União de freguesias da Covilhã e do Canhoso e por conseguinte assumo as responsabilidades, eu cumpro com as minhas funções até ao final do mandato".

Este é um dos dois casos "estranhos" que segundo Jorge Fael se estão a passar nesta campanha na Covilhã "o outro é o caso do movimento Acreditar que anda mais próximo do CDS do que qualquer independência política".

No debate promovido pela RCB com os candidatos à União de freguesias de Covilhã e Canhoso o candidato do Bloco de Esquerda,  denunciou publicamente um suposto acordo entre PS e PSD na Covilhã para o caso de nenhum ter a maioria no próximo dia 29 "o PS está a preparar-se para fazer um acordo, que já está cozinhado, porque os próprios militantes socialistas locais o têm dito, e os militantes da lista do sr. Matias também o têm repetido, o PS prepara-se para fazer uma aliança governativa com o PSD, o PS vai dar mais uma facada no seu velho estatuto de esquerda". Carlos Martins negou a existência de qualquer acordo entre o Partido Socialista e o PSD.  

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados