RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
II LIGA: SCC EMPATA PELA 1ª VEZ
Rádio Cova da Beira
Nos seis jogos da 7ª jornada realizados ontem, nenhuma equipa conseguiu destronar o Moreirense da liderança do campeonato. Dos 3 candidatos ao lugar, Sp. Covilhã e Penafiel, empataram em casa, e o FC Porto B perdeu na Madeira. O destaque, no entanto, vai para o Portimonense que, ao derrotar o SCP "B", por 2-0, subiu 6 lugares na tabela, juntando-se a SCC, Leixões e Penafiel, na 3ª posição.
Por Miguel Malaca em 19 de Sep de 2013

No que diz respeito ao jogo da Covilhã, o União da Madeira, foi quase sempre mais equipa, mesmo com dez em campo, a partir dos 54'. No entanto o empate é justo.

"Toda a gente tem direito a um dia mau", dizia Francisco Chaló, na sala de imprensa, do Complexo Desportivo da Covilhã, após o empate (1-1) caseiro do Sporting da Covilhã frente aos insulares.

O U. Madeira travou assim, uma série de 4 vitórias consecutivas dos serranos e até estiveram mais perto do triunfo, pois viram duas bolas embater nos ferros - Ruben atirou à barra na sequência de um livre directo (7'), e Silva que, por duas vezes teve o golo nos pés. Aos 10', isolado rematou por cima da barra, a bola ainda bateu num adversário cedendo canto, e aos 70', numa rápida transição, levou o esférico a bater no poste esquerdo da baliza covilhanense.

Os madeirenses a partir do minuto 54', devido á expulsão (cartão vermelho directo) mostrado a Roberto, a equipa orientada por José Barros, nunca baixou os braços, acreditou sempre que poderia sair do campo com pontos.

O encontro foi competitivo e dinâmico, e o golo do empate, por Hugo Morais, numa grande penalidade indiscutível, marcada aos 84', só pecou mesmo por... tardio. 

A equipa de Chaló, abriu o marcador bem cedo, por intermédio de Forbes (13'), mas nunca teve arte e engenho para fazer o segundo tento e "matar" o jogo. Na 2ª parte, e devido também ao cansaço acumulado dos serranos, que têm jogado de 3 em 3 dias, foi notória a quebra física no conjunto dos leões da serra.

Arbitragem muito positiva de Manuel Oliveira da AF Porto.

Para os dois treinadores, o resultado, apesar de tudo, é justo.

Francisco Chaló (Tr. do SCC): " O empate custa, mas é inteiramente justo. Reconheço que a grande penalidade era escusada e que não estivemos ao nosso melhor nível. Mas o processo de evolução de qualquer equipa também se faz com estes resultados menos bons. Estamos a realizar até ao momento um campeonato excelente."

José Barros (Tr. U. Madeira): " O resultado é justo face ao que as duas equipas fizeram. Jogámos muito tempo com menos um jogador, mas isso não se fez notar em campo. Esta exibição, frente a um adversário bom e forte, e que vinha de 4 vitórias consecutivas, vem demonstrar aos mais cépticos, trata-se de uma resposta, que põem em causa o valor desta equipa." 

O Sporting da Covilhã volta a jogar para a II Liga, no próximo dia 28 de setembro (sábado), às 16 horas, em Santa Maria da Feira, com o Feirense. 

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados