RCB/TuneIn
Domingo, 18 Nov 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
3ª DIVISÃO NACIONAL, 22ª JORNADA
O Sertanense pregou uma grande partida de carnaval aos seus associados e simpatizantes. A equipa da Sertã perdeu por 2-0 com o Peniche e terminou a partida reduzido a 10 e nos últimos minutos, na tentativa de chegar ao empate, deixou de jogar com guarda-redes. Nesta jornada os outros quatro emblemas do distrito tiveram resultados muito positivos, desde logo as vitórias de Penamacorense, fora e Atalaia do Campo, em casa e dos empates, a zero, de Benfica e Unhais da Serra fora de portas.
Por José Joaquim Ribeiro em 22 de Feb de 2009
O Sertanense foi o único que se portou mal neste domingo gordo. A equipa de Eduardo Húngaro deixou que a equipa do Peniche se adiantasse no marcador quando se esgotava o primeiro quarto de hora de jogo, por intermédio de Enildo, viram a equipa dos “amigos “ falharem uma grande penalidade aos 43 ( defesa de Moreto ) e na segunda parte, para além de não conseguirem encontrar os caminhos da baliza adversária ainda haveriam de ficar sem o seu guardião, Moreto, aos 75’, por ter jogado a bola com as mãos fora da sua área de intervenção. Esta situação veio complicar ainda mais as contas à equipa que lidera a série D. O treinador já tinha esgotado as substituições e por isso foi necessário que o avançado Joca vestisse, ao contrário, como determinou o árbitro do encontro, a camisola de Moreto e ocupasse o seu lugar entre os postes. A jogar com menos uma unidade a tarefa era ainda mais espinhosa para a equipa da Sertã. Mas os danos da equipa não se iriam ficar por aqui, eis que aos 80 minutos nova expulsão, desta vez de Leandro, por duplo amarelo. A perder e a jogar com menos duas unidades o treinador Eduardo Húngaro fez adiantar no terreno o ponta de lança Joca, que estava investido de guarda-redes, numa tentativa desesperada de poder chegar ao empate. Pois bem. Foi quase como costuma acontecer no futsal quando as equipas apostam no guarda-redes avançado. Numa perda de bola e lá vai remate … já se jogava o quinto minuto de compensações e eis que o Peniche eleva o resultado para o 2-0 final num remate para uma baliza onde não havia ninguém que a defendesse. Apesar de ter perdido o Sertanense continua com algum conforto no primeiro posto da classificação geral.

O Benfica de Castelo Branco foi a Pombal jogar com o Sporting local e conseguiu trazer um precioso ponto, que poderá ser importante para as contas finais deste campeonato. Os encarnados albicastrenses, jogando com as habituais cautelas defensivas não criaram perigo ao adversário mas também não deixaram, que o Pombal as criasse para a sua baliza. O zero zero final reflecte o que se passou no jogo.

Em Coimbra a ADEP voltou a ter uma tarde de grande qualidade perante um adversário muito difícil como se reconhece ao Vigor Mocidade. A equipa de Vítor Cunha adiantou-se no marcador logo aos 10 minutos, por intermédio Toni, resultado que se manteve até ao intervalo. Na segunda parte, aos 70’ foi a vez de João Salsedas fazer o gosto ao pé e aumentar a conta para 0-2, um resultado que deu a necessária tranquilidade à equipa de Penamacor. Nos últimos minutos o Vigor Mocidade ainda reduziu mas os penamacorenses fecharam muito bem os caminhos da sua baliza e, desse modo, conquistaram uma preciosa vitória, por 2-1.

Na Atalaia do Campo o jogo foi de grandes emoções. A equipa do Gândara conseguiu marcar aos 21 minutos, por Osvaldo, mas a Atalaia haveria de chegar ao empate aos 41, por Hugo Brito, resultado que se registava ao intervalo. Na segunda parte a formação forasteira voltou a ser feliz na obtenção do segundo golo, logo aos 2 minutos, num remate de Tavares, mas acreditando sempre, os comandados de Joca não desistiram e aos 70 chegaram ao empate, por Bruno Correia que de cabeça repôs alguma justiça no marcador e aos 77 foi André Cunha a dar a volta ao marcador, com um tiraço, depois de uma das suas habituais incursões pelo lado direito. Uma vitória suada, justa e que muito poderá ajudar aos objectivos da equipa.

O Unhais da Serra deslocou-se no sábado a Caldas da Rainha para jogar com o Caldas SC e o resultado pode considerar-se muito positivo, a equipa de Nando conquistou um ponto num terreno onde não fácil a qualquer conjunto conquistar pontos. O resultado foi de zero zero e, com um pouco de sorte até podiam ter saído da Caldas da rainha com algo mais.

Em termos de classificação, o Sertanense, embora perdendo não perdeu a liderança, que mantém com 42 pontos, mais três que o Marinhense que trocou de posição com o Benfica e Castelo Branco que passou a ter 38. A ADEP subiu ao 8º posto, com o mesmo número de pontos ( 28 ) que o 7º e fica mais próximo dos objectivos. O Unhais da Serra manteve a mesma posição e a mesma companhia. Com o Caldas partilham a 11ª posição com 25 pontos a vitória da Atalaia deu-lhe pontos mas não contribuiu para que tivesse subido na geral, mantém-se no 13º posto, com 23 pontos.

No próximo fim de semana realiza-se mais um confronto entre clubes do distrito, será um jogo, em principio muito emotivo. Em Castelo Branco encontram-se Benfica e Sertanense, é o primeiro a visitar o terceiro, por sua vez o Unhais recebe o Vigor Mocidade, no Paul, o Penamacorense vai servir de anfitrião ao Lousanense e a Atalaia vai até Marinha Grande para jogar com Atlético Marinhense. Espera-se que as equipas do distrito tenham um bom desempenho nos seu jogos e que possam conquistar pontos para que o mealheiro encha com os pontos necessários para que todos possam atingir os seus objectivos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados