RCB/TuneIn
Sexta, 24 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“CHOCADO COM A POSTURA SEGUIDA”
Rádio Cova da Beira
O candidato da CDU à presidência da câmara municipal de Belmonte acusa Jorge Amaro e Dias Rocha de procurarem fazer aproveitamentos políticos da situação que envolve as duas centenas de trabalhadoras da “Carveste” que recentemente suspenderam os seus contratos de trabalho.
Por Nuno Miguel em 30 de Aug de 2013
Marco Melchior confessa ter “depois de ter lido as declarações feitas sobre este assunto fiquei chocado porque a tristeza de 200 pessoas serve de aproveitamento político para alguns candidatos; a candidatura independente diz que queria criar um fundo de apoio o que me leva a interrogar se o senhor Jorge Amaro se ele acha que as pessoas querem a sopa dos pobres em vez de trabalhar”.

Críticas que o cabeça de lista da CDU dirigiu também a António Dias Rocha “o candidato do PS afirmou na sua página pessoal numa rede social que tinha passado por Caria e que estava muito preocupado com o futuro da Carveste; é caso para dizer que já há muitos anos que ele não devia ir à vila”.

Em entrevista ao programa “Flagrante Directo” da RCB, Marco Melchior garantiu ainda que, se for eleito para a liderança da autarquia, vai equacionar a extinção da empresa municipal “desde que todos os postos de trabalho sejam salvaguardados”. Já quanto à integração de Belmonte na associação de turismo da Cova da Beira, que para já integra a Covilhã e o Fundão, o candidato da CDU refere que “essa hipótese pode ser ponderada desde que o concelho dai possa retirar mais valias”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados