RCB/TuneIn
Segunda, 18 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
VÍTOR PEREIRA PROPÕE PACTO DE REGIME
Rádio Cova da Beira
Vítor Pereira propõe um pacto de regime para a política florestal no concelho da Covilhã. A ideia deixada pelo candidato do Partido Socialista no final da visita realizada às freguesias mais fustigadas pelo incêndio do passado dia 15 de Agosto.
Por Paula Brito em 29 de Aug de 2013

"Temos que fazer uma espécie de pacto de regime na Covilhã no sentido de consensualizar uma política que seja transversal, que seja consensual, no sentido de protegermos as povoações de futuras catástrofes desta natureza, é fundamental  o ordenamento florestal, a criação de faixas de protecção em volta das povoações e atendendo às características de cada uma delas, é preciso criar pontos de água, aceiros e diversificar a floresta".

A sensibilização é outra das áreas onde o candidato do PS pretende actuar se vencer as eleições no próximo dia 29 de Setembro "é preciso a colaboração da população nesta área, uma campanha de sensibilização anual no período que precede o Verão é fundamental, nas escolas, junto das populações, esta temática tem que ser tratada com muita seriedade, empenho mas tem que ser despolitizada no sentido mais negativo do termo".

No final da visita realizada às freguesias de Coutada, Peso e Vales do Rio, Vítor Pereira descreveu à RCB o cenário que foi encontrar "é uma imagem desoladora, triste, cinzenta, medonha e preocupa-me imenso o que se vai fazer, entendo que devemos reflorestar estas freguesias e que a câmara deve dar o seu contributo".

Quanto aos prejuízos mais imediatos, Vítor Pereira recorda que enquanto vereador sugeriu ao presidente da autarquia covilhanense o pedido ao governo de calamidade pública, ou, se assim não for, ser a câmara da Covilhã, a contribuir para minimizar os prejuízos das populações.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados