RCB/TuneIn
Quarta, 26 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FPDI FAZ ALERTA
O presidente da federa??o portuguesa de desportos de Inverno (FPDI) considera que a Turistrela devia apostar mais, na vertente desportiva, do turismo de neve.
Por César Duarte Ferreira em 18 de Feb de 2009
É preciso compreensão pelos desportos de Inverno. É este o apelo que o presidente da FPDI faz aos responsáveis pelas infra-estruturas desportivas e de turismo da Serra da Estrela. Para José António Pinho, a Turistrela devia apostar no turismo de neve, na vertente desportiva, e criar preços específicos para a região, para residentes e para famílias: “É uma situação que acontecem lá fora e penso que a Turistrela só tinha a ganhar se aposta-se na nossa região, no turismo de neve, e devia privilegiar esta região.”

José António Pinho espera ainda sensibilizar os responsáveis desta empresa turística para o acesso às pistas de esqui dos atletas da federação. Actualmente os desportistas, não têm uma pista reservada para que possam preparar as suas competições.

O presidente do organismo com sede na Covilhã, lembra a Turistrela, para a função social que desempenha, pois gere algo que é de todos: “eu percebo que a instância de esqui da Turistrela tem preocupações financeiras, mas lembro que esta empresa também tem uma função social, porque gere algo que é de todos. Eu espero sensibilizar os responsáveis para nos concederem facilidades de treinos, porque o que acontece agora, é a mesma coisa do que colocar um formula 1 a treinar, numa pista com o transito aberto.”

Para o presidente da FPDI é preciso compreensão de todos para esta realidade. Só com o esforço de um conjunto de entidades é possível melhorar a qualidade da modalidade em Portugal.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados