RCB/TuneIn
Segunda, 06 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PASSAGEM DE MATÉRIAS PERIGOSAS NO TÚNEL PODE SER CONTROLADA
Rádio Cova da Beira
Rui Esteves partilha da preocupação da câmara municipal do Fundão em relação à passagem de veículos pesados de matérias perigosas pelo centro da vila de Alpedrinha e defende a elaboração de um plano que permita a passagem deste tipo de veículos no túnel da Gardunha de forma faseada e controlada.
Por Paula Brito em 26 de Jul de 2013

O comandante operacional distrital da Autoridade Nacional da Protecção Civil recorda que a legislação que proibia a passagem deste tipo de veículo foi feita em circunstâncias que entretanto se alteraram “a legislação foi feita quando existia um túnel com dois sentidos, e aí fazia algum sentido não todo o sentido, a partir do momento que passa a haver dois túneis, um para norte e outro para sul, deixa de fazer qualquer sentido”. 

Apesar disso, Rui Esteves entende que não se deve banalizar a passagem de  veículos pesados com matérias perigosas dentro dos túneis e deixa uma proposta “aquilo que na minha modesta opinião devia ser feito era criar condições para que a portaria fosse alterada, criando condições para que as matérias perigosas passassem no túnel de forma controlada e ordenada, isto é, não faz sentido um ou dois veículos de matérias perigosas estarem dentro dos túneis em simultâneo com um autocarro de passageiros”. 

Segundo o comandante, este controle é possível de ser feito "porque existe a norte e a sul uma estação de serviço, basta que as entidades competentes, no caso, as Estradas de Portugal, a Scutvias e outras que têm que ser envolvidas, façam um controle efectivo e que passa pela passagem faseada deste tipo de veículos nos túneis, para também aí mitigar o risco e ao mesmo tempo evitar que em Alpedrinha tenhamos uma situação grave”. 

A solução que segundo Rui Esteves iria responder à preocupação da câmara do Fundão que recorde-se proibiu a passagem de veículos pesados com matérias perigosas no centro da vila de Alpedrinha como forma de pressionar as entidades responsáveis a resolverem a situação que se arrasta há anos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados