RCB/TuneIn
Quinta, 02 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
RECEBIDO COM PROTESTOS
Rádio Cova da Beira
Várias dezenas de dirigentes da união de sindicatos de Castelo Branco receberam ontem com apupos e gritos de demissão o primeiro ministro. Pedro Passos Coelho deslocou-se à região para inaugurar o novo lar para cidadãos deficientes da APPACDM albicastrense.
Por Nuno Miguel em 23 de Jul de 2013
Uma obra que custou mais de um milhão de euros com a comparticipação governamental a chegar aos 550 mil. Apesar dos protestos à chegada, Passos Coelho garante que “o governo não se vai desviar do rumo que traçou” para que Portugal possa deixar, o mais rapidamente possível, de estar sob a alçada do programa internacional de assistência financeira “queremos que esse objectivo seja alcançado o quanto antes pois tomos sabemos que a actual conjuntura não é fácil e todos os Portugueses estão a sentir os efeitos da crise”.

O primeiro ministro ficou ainda a conhecer o trabalho realizado pela cantina social da APPACDM, que dá apoio a 85 famílias e enaltece o trabalho realizado por este tipo de estruturas que tem permitido minimizar as dificuldades sentidas pelos cidadãos “foi com esse sentido que lançámos o programa no sentido de permitir a sua ampliação, pois a maioria das instituições, já dispunha deste serviço mas ficou em condições de poder responder a mais pessoas porque mais pessoas precisam de ajuda”.

Com a inauguração deste lar, que é complementado com um serviço de apoio domiciliário especializado, a instituição passa a dispor de 145 camas e permitiu a criação de 12 novos postos de trabalho. Maria de Lurdes Pombo, presidente da direcção da APPACDM de Castelo Branco sublinha a importância deste novo equipamento no reforço da qualidade dos serviços prestados aos utentes “nomeadamente uma resposta especializada, que não tinhamos, e que pode ser muito importante para os nossos utentes e para as suas famílias”.

Criada há 40 anos, a APPACDM de Castelo Branco abrange oito dos 11 concelhos do distrito e emprega 167 pessoas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados