RCB/TuneIn
Quarta, 03 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
AMC APROVA CONTA DE GERÊNCIA
Rádio Cova da Beira
Com dez votos contra e duas abstenções, a assembleia municipal da Covilhã aprovou por maioria a conta de gerência da autarquia referente ao ano passado.
Por Nuno Miguel em 28 de May de 2013

Na análise aos documentos Marco Gabriel, da bancada da CDU, destaca pela negativa os índices de taxa de execução, que não chegam aos 30 por cento, e um conjunto de opções seguidas sem qualquer critério "aquilo que verificamos é ao resultado duma política casuistica que em 2012 teve resultados correntes negativos; aliás na última década podemos constatar que esses resultados operacionais negativos são de dez milhões de euros". 

Para além de também se mostrar preocupado com a reduzida taxa de execução, Romeu Afonso, da bancada do PS, refere que os números vem comprovar a difícil situação financeira que a câmara da Covilhã está a atravessar "a taxa de execução das grandes opções do plano é de 28 por cento pelo que é fácil constatar que a câmara nem sequer consegue concretizar metade daquilo que prpõe; por outro lado o endividamento cresceu de forma muito acentuada nos últimos anos e vai onerar de forma significativa a acção dos próximos executivos".

Críticas que o vereador com o pelouro das finanças na autarquia covilhanense rejeira. Luís Barreiros sublinha que "no último ano o valor da dívida diminuiu para cerca de 70 milhões de euros e também os encargos com pessoal baixaram em cerca de 500 mil euros; já quanto às taxas de execução eles são de 46 por cento e esse é o número real e não aquele que os senhores aqui trazem.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados