RCB/TuneIn
Domingo, 31 Mai 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
"SANTA ALIANÇA DE ARRUAÇA E PERTURBAÇÃO DA ORDEM PÚBLICA"
Rádio Cova da Beira
É desta forma que Pedro Farromba classifica a presença, na semana passada, dos candidatos do PSD, PS e CDU à CMC no "Espaço das Idades". Em comunicado, o candidato independente à presidência da câmara da Covilhã refirma a importância daquela estrutura para os idosos do concelho.
Por Paulo Pinheiro em 19 de May de 2013

Para Pedro Farromba a presença dos candidatos social-democrata, socialista e da CDU  no "Espaço das Idades" "apenas revela o carácter irresponsável destes candidatos, procurando aproveitar supostos descontentamentos, numa atitude de oportunismo sem freio nem limite, com utilização da mentira mais descarada. Não me identifico com este vale tudo eleitoral"

Para aquele candidato,  as campanhas devem ser feitas com elevação e debate de ideias e "não com a chicana política. E os ataques de carácter pessoal de que tenho sido vítima, são, desde já, a marca destes candidatos. Nada oferecem à Covilhã no debate de ideias e propostas, estão apostados em denegrir a personalidade dos candidatos opositores, mas terão a resposta adequada e no lugar próprio, sempre que tal se justifique".

Em relação a António Rebordão, e a este ter utilizado o seu nome e a candidatura nas declarações proferidas à comunicação social

"Tentando justificar a sua exoneração do cargo de adjunto do Presidente da Câmara, como resultado de "retaliações" derivadas de uma conversa comigo sobre as próximas eleições autárquicas, invocando convites formais para integrar listas que nunca lhe fiz", declara Pedro Farromba que acrescenta

"Só uma tentativa de promoção rasca do referido senhor (António Rebordão), à custa da tentativa de valorização de uma suposta importância eleitoral que não lhe reconheço, pode justificar tais atitudes e declarações".

Quanto ao "Espaço das Idades", o candidato reafirma o que disse sobre aquela estrutura no dia da apresentação da sua candidatura à CMC, em Janeiro de 2013:

“E posso aqui invocar a legitimidade política de participar hoje ainda como Vice-Presidente da actual Câmara, dessa obra com reconhecimento público nacional e internacional, que soubemos criar: o Espaço das Idades.E é também para isso que temos que lhe atribuir novas responsabilidades. Consagrá-lo como serviço autónomo de elevado interesse social e pô-lo ainda mais ao serviço da Covilhã e dos Covilhanenses. Reforçar a sua acção e criar o apoio domiciliário é fundamental para continuar este trabalho de intervenção social e de apoio à Cidade e ao Concelho".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados