RCB/TuneIn
Sábado, 17 Abr 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BOMBA ATÓMICA NA AGRICULTURA
Rádio Cova da Beira
A nova lei da facturação vai acabar com os pequenos produtores e com as cooperativas. Para Albertino Nunes trata-se de uma bomba atómica para agricultura.
Por Paula Brito em 25 de Mar de 2013

Segundo o presidente da direcção da Adega Cooperativa do Fundão, esta lei “é uma bomba atómica na agricultura, obrigar os minifúndios a passar factura da entrega do vinho, do azeite ou da fruta é o extermínio do que resta na agricultura”. Albertino Nunes deixa o exemplo da região  “na nossa região 80% dos produtores têm minifúndios, destes mais de 70% são velhos como eu, já com mais de 70 anos, para quem a agricultura é um complemento das reformas miseráveis que têm”.

O presidente da direcção da adega fundanense entende que a lei deveria estabelecer um patamar mínimo “eu estou de acordo com a lei desde que tivesse um patamar sei lá de 15 mil euros e fosse para todos os que recebem subsídios seja de gasóleo ou outro agora não podem é ir à capoeira e matar as galinhas todas”.

O fim dos pequenos agricultores é também o fim das cooperativas “nós até estamos dispostos a entregar as chaves das cooperativas à senhora ministra para as vir gerir, ao governo todo e à assembleia da república”.

A Unacobi esteve reunida na passada semana para analisar o problema e espera mobilizar mais cooperativas, até de outras áreas, para travarem uma “guerra sem quartel” contra esta medida que entendem vem liquidar com o que resta da agricultura.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados