RCB/TuneIn
Segunda, 25 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
? URGENTE REDE DE CUIDADOS PALIATIVOS PEDI?TRICOS
Filipe Almeida, m?dico e coordenador de um projecto na ?rea, defendeu na Covilh? a cria??o de uma rede nacional de cuidados paliativos pedi?tricos, no ?mbito do semin?rio a "A crian?a e a morte" promovido pelo Centro Hospitalar da Cova da Beira.
Por Paula Brito & Nuno Miguel em 30 de Jan de 2009

A necessidade de criação da rede é uma das principais conclusões do inquérito realizado por Filipe Almeida junto das pediatrias dos hospitais do país no âmbito de uma investigação da Fundação Calouste Gulbenkian "a especificidade das crianças e a forma como elas encaram a morte justifica que haja serviços paliativos específicos para crianças, tal como existem outras especialidades médicas para os mais novos". 

Segundo Filipe Almeida a criação desta rede não implica a construção de infra estruturas e "deve ser adaptada tendo em conta as especificiadades de cada região".

No caso da Beira Interior, Lourenço Marques, coordenador da unidade de cuidados paliativos do Centro Hospitalar da Cova da Beira, entende que "não se justifica uma unidade pediátrica para este tipo de cuidados". Além do número de casos ser reduzido "os pais preferem cuidar das crianças em casa". Na opinião de Lourenço Marques o que faz falta "é formação específica dos profissionais de saúde para casos de crianças com cancro". 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados