RCB/TuneIn
S√°bado, 20 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
OURONDO SEM LISTAS E... SEM VOTOS
Rádio Cova da Beira
A agregação de Ourondo e Casegas está a dificultar a formação de listas para as próximas autárquicas na freguesia do Ourondo. Segundo o actual presidente de junta, que não se pretende recandidatar, além de formar listas vai ser difícil levar os ourondenses às urnas.
Por Paula Brito em 22 de Mar de 2013

Outras da categoria:

A completar o primeiro mandato à frente da junta de freguesia do Ourondo, José Rito Agostinho não pretende apresentar candidatura à futura junta de freguesia de Casegas e Ourondo. O cenário de agregação das duas freguesias do concelho da Covilhã, ditou o afastamento do autarca “se Ourondo não agregasse recandidatar-me-ía, com a agregação certamente não serei candidato, e digo mais, não sei se conseguirão arranjar candidatos no Ourondo”. A juntar a esta dificuldade está “a situação complicada a nível político que vive a Covilhã e que não vai ajudar muito a que se consigam listas conjuntas”.

Segundo José Rito Agostinho, para além de ser difícil formar uma lista no Ourondo, vai ainda ser mais difícil levar os ourondenses a votar “não me compete a mim dizer que isso vai acontecer mas pela revolta que eu presencio todos os dias, não vai ser fácil”.

Uma revolta patentes nos diversos testemunhos que a RCB recolheu ao longo desta semana em que esteve em destaque o Ourondo no programa “Neste lugar da Beira”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados