RCB/TuneIn
Sábado, 17 Abr 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ORJAIS RECLAMA PREÇO DA ÁGUA
Rádio Cova da Beira
População de Orjais confrontou Carlos Pinto com o elevado preço da água no concelho da Covilhã em comparação com o concelho de Belmonte. Para Carlos Pinto a Covilhã só se pode comparar com municípios idênticos e diz que está orgulhoso do trabalho que foi feito nesta área no concelho.
Por Paula Brito em 22 de Mar de 2013

Outras da categoria:

O autarca lembra o que foi encontrar quando chegou à câmara municipal no início da década de 90 “quando eu cheguei à câmara sabem qual era o maior número de requisições que se passavam em 1990? Consertar os motores para tirar água do Zêzere, estavam sempre avariados, a população do Teixoso e os habitantes da Rua Campos Melo eram abastecidos pelo rio Zêzere e não havia uma semana que as análises daqueles cafés não dessem água enriquecida com bactérias”.

Outro dos benefícios que segundo o presidente da câmara da Covilhã deve pesar no prato da balança é a despoluição do Zêzere “no concelho da Covilhã não se lança uma gota de esgoto no rio Zêzere, eu não sei no concelho que referiu como é que é”.

Para o autarca associar o preço da água na Covilhã à empresa à criação da empresa ADC é “demagogia barata” uma vez que “temos um parceiro privado que meteu 20 milhões de euros na ADC e não tirou de lá um euro de resultado, e já lá vão 5 anos”.

O autarca anunciou ainda em Orjais que vai escrever uma carta aos consumidores do concelho onde explica todo este processo de que se orgulha “”honra-me muito o trabalho que foi feito no concelho no que respeita a uma necessidade básica como o abastecimento de água.”

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados