RCB/TuneIn
Domingo, 25 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
SEP: ADESÃO DE 98%
Rádio Cova da Beira
O sindicato dos enfermeiros portugueses (SEP) anunciou que a adesão à greve dos enfermeiros no centro hospitalar da Cova da Beira (CHCB) é de 98%.
Por Paulo Pinheiro & Nuno Miguel em 19 de Mar de 2013

Dos cerca de 100 enfermeiros que trabalham nos hospitais da Covilhã e do Fundão (CHCB) "apenas uma colega não aderiu", disse Conceição Rodrigues, dirigente do SEP no distrito de Castelo Branco.

Os enfermeiros com contracto individual de trabalho afirmam que estão a receber abaixo do valor da remuneração mínima no SNS ( serviço nacional de saúde) e exigem cerca de  1200 euros para as 35 horas semanais ou 1 373 euros para as 40 horas semanais.

Conceição Rodrigues acrescenta que a implementação das novas tabelas salariais é uma responsabilidade dos conselhos de administração dos hospitais, que funcionam em regime de entidade pública empresarial e garante que os enfermeiros não vão baixar os braços até que a situação esteja resolvida.

Em comunicado, a União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) solidariza-se com o protesto "uma greve justa e necessária" e espera que as administrações do CHCB e ULS de Castelo Branco "rapidamente encontrem uma solução que reponha a equidade e impeça a discriminação salarial".

O protesto dos enfermeiros prossegue esta quarta-feira (20 Março 2013) na Unidade Local de Saúde de Castelo Branco.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados