RCB/TuneIn
segunda, 26 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CLAII REÚNEM NO FUNDÃO
Rádio Cova da Beira
Desde que foi criado, em 2006, o centro local de apoio à integração do imigrante do Fundão já prestou atendimento a mais de 450 pessoas. Os números foram apresentados durante a reunião de todos os centros da Beira Interior que decorreu no edifício da Moagem.
Por Nuno Miguel em 18 de Feb de 2013

Outras da categoria:

Em 2010 o centro atingiu o maior número de atendimentos; 101, mas de então para cá tem vindo a diminuir e no ano passado registou 74 atendimentos. Um decréscimo que, de acordo com a representante do alto comissariado para a imigração e monorias étnicas, pode ser justificado por duas ordens de razão "por um lado a chegada de menos cidadãos estrangeiros a esta região uma vez que eles tem uma tendência maior para se fixarem e por outro lado um sinal de que os imigrantes que aqui chegaram já passaram de forma positiva pelo seu processo de integração e já não sentem necessidade de recorrer a este serviço".

O centro do Fundão está integrado numa rede nacional que envolve 86 estruturas e que ao longo dos últimos dez anos já atendeu mais de 78 mil pessoas. Um número que, de acordo com Paula Moura, nunca parou de crescer e que justifica a manutenção da actividade destes centros "são espaços fundamentais para que os imigrantes possam esclarecer dúvidas; nele podem recolher aconselhamento sobre legislação laborar, conselhos sobre a melhor forma de procurar emprego ou arrendar uma casa e por isso devemos continuar a prosseguir este caminho para que quem procura Portugal para residir e trabalhar possa ter nestes centros verdadeiras portas de entrada no nosso país". 

Na Beira Interior estão em actividade oito centros locais de apoio à integração de imigrantes que no último atenderam perto de um milhar de pessoas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados