RCB/TuneIn
S√°bado, 14 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
INATEL PROMOVE VIOLA BEIROA
Rádio Cova da Beira
O espectáculo de angariação de fundos para a construção do centro interpretativo de artes tradicionais da Boidobra foi o mote para a fundação Inatel apresentar os resultados duma acção de formação desenvolvida deste Setembro do ano passado em torno deste instrumento.
Por Nuno Miguel em 31 de Jan de 2013

A viola beiroa é um instrumento com 80 centímetros de comprimento e que apresenta algumas diferenças em relação a outras violas, nomeadamente ao nível da sonoridade "tem um som mais forte devido às duas cordas mais curtas o que acaba por tornar mais difícil saber tocá-la" refere Alísio Saraiva um dos formadores desta acção.

Um instrumento que foi caindo no esquecimento "devido à proliferação de novas formas de concepção musical" refere Miguel Carvalhinho, outros dos responsáveis pela formação dos oito alunos, e que faz um balanço positivo deste projecto "para além de saberem afinar, montar e interpretar esta viola beiroa houve um grande empenho por parte dos formandos e isso deixa-nos muito satisfeitos".

Também satisfeita está a coordenadora da agência da Covilhã da Fundação Inatel. Margarida Pereira acredita que "este curso vai ser um impulso forte para que a Viola Beiroa não volte a cair no esquecimento e se afirme novamente como um dos instrumentos mais procurados dentro do nosso contexto musical".

Depois desta primeira formação, o objectivo passa por dar continuidade ao projecto e já em Fevereiro abrem as inscrições para uma segunda acção de formação. Sofia Tomás, responsável da secção cultural da fundação Inatel acrescenta que a continuidade deste projecto vai ter outros objectivos associados "pretendemos criar uma plataforma on-line de divulgação de todas as pesquisas feitas sobre este instrumento e também publicar um manual e um CD dedicado às formas de afinação e interpretação da viola beiroa".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados