RCB/TuneIn
Domingo, 24 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
JOÃO ESGALHADO NA CORRIDA?
Rádio Cova da Beira
Jo√£o Esgalhado n√£o exclui uma candidatura independente √† c√Ęmara municipal da Covilh√£ nas pr√≥ximas aut√°rquicas. Em entrevista ao programa Flagrante Directo da RCB o vereador da maioria no executivo n√£o descartou o cen√°rio de uma candidatura independente apoiada por um partido pol√≠tico.
Por Paula Brito em 27 de Dec de 2012

João Esgalhado confirma que têm existido contactos com elementos ligados ao PSD da Covilhã mas nega que tenha sido convidado para ser o candidato do PSD “eu não diria que fui sondado pelo PSD da Covilhã, mas diria que tem havido contactos e reuniões com alguns responsáveis do PSD da Covilhã no sentido de se enquadrar uma lista consensualizada”.

Tudo em aberto, diz João Esgalhado sobre o tema autárquicas “não está excluído um cenário de uma candidatura independente, com o apoio de uma ou várias forças políticas”. O autarca diz que não precisa de rasgar o cartão de militante para apresentar uma candidatura “eu não tenho filiação partidária, tenho condições para poder construir uma lista abrangente, de gente qualificada, íntegra e diversa daquela que teria se me condicionasse a um partido político”.

O vereador da maioria no executivo covilhanense quis ainda deixar claro que a posição de ruptura com Carlos Pinto que assumiu no executivo nada teve a ver com uma eventual candidatura à câmara da Covilhã. A prová-lo está o facto do próprio Carlos Pinto o ter assediado para ser candidato “eu já estive na posição de ser convidado pelo sr. presidente que quase me assediou para que me candidatasse porque ele já estava cansado e achava que eu tinha as condições, e eu saí fora”, justifica João Esgalhado em entrevista ao programa Flagrante Directo da RCB.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados