RCB/TuneIn
Domingo, 15 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TA?A DE HONRA AFCB - JOS? GON?ALVES FARROMBA
A 2? eliminat?ria da Ta?a de Honra da Associa??o de Futebol de Castelo Branco ? Jos? Farromba ? j? qualificou Alcains e Valverde para as meias finais desta competi??o distrital, depois de terem eliminado respectivamente Oleiros e ?guias do Moradal, este atrav?s da marca de grandes penalidades.
Por José Joaquim Ribeiro em 18 de Jan de 2009
 A partida de Vila de Rei foi prejudicada pelo intenso nevoeiro que se abateu sobre o Estádio Municipal. O árbitro Gonçalo Carreira ainda encontrou condições para realizar a primeira parte do encontro, embora o tenha interrompido aos 20 minutos por, então, achar que o recinto de jogo estava a perder visibilidade, contudo, passados quatro ou cinco minutos voltou a achar que afinal o visibilidade dava para se jogar. Foi o que aconteceu até ao intervalo. Até ali marcou-se um único golo, para o Proença, apontado por Big, aos 24 minutos. A data e a decisão quanto à realização da parte que falta do encontro vai ter que ser a Associação de Futebol a decidir. À letra dos regulamentos a partida teria que se realizar 24 horas depois, contudo, como estamos a falar de jogos entre amadores é natural que se escolha uma outra data para que o jogo se possa concluir.

Em Valverde o Águias do Moradal foi quem mais dominou, mas no período de descontos sofreu o golo do empate e a contenda foi resolvida através da marcação de grandes penalidades. Nesta decisão o Valverde foi mais feliz por que falhou apenas um remate enquanto que o Águias falhou dois. A equipa de António Belo foi muito mais dominadora e por isso conseguiu ganhar vantagem no marcador à passagem do minuto 14, por intermédio de Ednilson, após jogada muito bem delineada de Esteves. A equipa de António Belo manteve-se sempre na mó de cima mas não conseguiu traduzir em golos a superioridades que exercer sobre o seu adversário. Como durante os 90 minutos não conseguiu resolver a partida a seu favor, já em período de descontos um lance de bola parada para a área da equipa do Estreito o guardião do Valverde, João Augusto, foi colocar-se na área adversária e foi ele que de cabeça, qual ponta de lança, fez o golo do empate obrigando que a decisão da partida se resolvesse através da marcação de grandes penalidades e ai, como já se disse, o Valverde foi mais feliz e apurou-se para as meias finais da prova. Importa referir que o Valverde desperdiçou uma grande penalidade, aos 38’, por Hugo Gigante, que então lhe poderia ter dado o empate.

Em Alcains a equipa do CDA foi também a mais forte durante mais tempo mas só conseguiu a qualificação em período de descontos. Na verdade o ser mais forte não é condição nem é sinónimo de ser mais prático. O Alcains jogou mais que o Oleiros, criou inúmeras oportunidades para marcar mas por esta ou por aquela razão a bola não chegou ao fundo das redes de Carlos. Os desperdícios foram tantos que até uma grande penalidade cometida sobre Vieira, o mesmo Vieira falhou, rematando denunciado para defesa de Carlos. O golo que deu a passagem do CDA para as meias finais foi apontado ao minuto três do tempo que o árbitro deu de compensações. Um resultado que não se questiona.

Estão apurados Valverde e Alcains, vamos ter que aguardar pelo desfecho da partida entre Vilarregense e Proença e pelo sorteio das meias finais que ainda vai ter que repescar uma das equipas eliminadas desta 2ª eliminatória.

No próximo fim de semana regressam as emoções do distrital.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados