RCB/TuneIn
Segunda, 09 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UBI NO LIMITE DA SUSTENTABILIDADE
Rádio Cova da Beira
A preocupação foi expressa pelo reitor daquele estabelecimento de ensino numa conferência de imprensa agendada a nível nacional por todos os reitores das universidades públicas, onde existe muita apreensão devido às propostas de orçamento de estado para o próximo ano.
Por Nuno Miguel em 15 de Nov de 2012

No caso da UBI o valor global da transferência prevista é de 19 milhões e 800 mil euros, o que representa uma diminuição de um milhão e 700 mil em relação ao orçamento deste ano. João Queiróz refere que em 2012 "a UBI já utilizou metade do valor cobrado em propinas para pagamento de salários e por isso encontramo-nos perante um cenário de grande incerteza quanto ao futuro".

Apesar de enfrentar um cenário negro, João Queiróz refere que a concretização de despedimentos não está nos horizontes da UBI "nos últimos anos a universidade alargou o seu número de actividades e aquilo que necessitamos é de formas de poder contratar mais pessoas e não de proceder a despedimentos".

O reitor da UBI acrescenta que ao longo dos últimos anos têm vindo a ser tomadas medidas de redução da despesa "como o encerramento da universidade em alguns períodos do ano e a racionalização de equipamentos e serviços, mas quaisquer novos cortes financeiros vão colocar em causa todo o esforço já feito". João Queiróz apela por isso ao bom senso do governo "que permita às universidades manter a sua autonomia pois elas não tem dívidas e cumprem com todos os regulamentos que lhe são impostos".

Depois desta conferência de imprensa em simultâneo, os reitores vão estar reunidos na próxima sexta-feira em Coimbra onde vão fazer uma comunicação pública ao país e onde podem anunciar a adopção de medidas de luta para contestar a diminuição das transferências do governo que, a nível global, representam uma diminuição de 9,4% em relação a 2012.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados