RCB/TuneIn
Terça, 27 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
HÁ 10 ANOS A DERRUBAR A PAREDE
Rádio Cova da Beira
Mais de 26 mil espectadores passaram pelos diferentes espectáculos promovidos pela Quarta Parede na última década. Na passagem do 10º aniversário, o director artístico da Associação de Artes Performativas da Covilhã lamenta a forma como é tratada a cultura em Portugal “em 10 anos não melhoramos em nada”, desaba em entrevista à RCB.
Por Paula Brito em 02 de Nov de 2012

Ao programa “Flagrante Directo” da RCB, Rui Sena, faz o balanço em números dos 10 anos da Quarta Parede “tivemos 10 festivais, 10 criações, quatro mostras de criadores emergentes, mais de 650 acções, mais de 26 mil espectadores”.

 

Ao longo dos últimos 10 anos a Covilhã tem assistido a uma diminuição do público académico dos espectáculos culturais em boa parte devido às facilidades de acesso que hoje existem através das novas tecnologias, mas também porque hoje o ensino é muito direccionado”.

 

A Quarta Parede aguarda pelo lançamento do concurso para atribuição de apoio financeiro para os próximos quatro anos. Rui Sena lamenta que passados 10 anos nada tenha melhorado e deixa o exemplo “no dia em que legalizamos a associação tínhamos dois dias para concorrer, o que quer dizer que em 2002 este concurso fechou a 22 ou 23 de Outubro, em 2012 ainda não abriu, não é preciso dizer mais nada para ver como a cultura é tratada em Portugal, passados 10 anos não melhorou nada”.

 

Uma situação que tem vindo a agravar-se com o cenário de crise “infelizmente a cultura ainda não é um bem que as pessoas necessitem todos os dias e portanto a primeira coisa que se deixa cair é a cultura, é evidente que entre comer e ir ver um espectáculo o que é que as pessoas escolhem?”. Mas muitas vezes não passa pela simples aquisição de um bilhete, “é a própria depressão em que a sociedade está mergulhada, porque na verdade não é fácil viver todos os dias com este martelo em cima da cabeça o que é que vai ser o amanhã”.

 

Quarta parede é uma parede imaginária situada na frente do palco do teatro através da qual a plateia assiste passiva à acção. A Associação Quarta Parede, nasceu há 10 anos Covilhã para suprir uma lacuna ao nível da arte contemporânea e tem, na última década tentado “derrubar a quarta parede”. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados