RCB/TuneIn
Terça, 10 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UNIDADE DE AVC RECEBE 300 CASOS ANO
Rádio Cova da Beira
Criada em 2005, a Unidade de AVC do Centro Hospitalar da Cova da Beira recebe uma média de 270 a 300 casos por ano e tem a sua capacidade de 10 camas sempre preenchida.
Por Paula Brito em 29 de Oct de 2012

Os números comprovam que a criação desta unidade há 7 anos atrás, foi uma mais valia para a região "estamos numa zona onde existem muitos AVCs, e esta unidade permite um tratamento mais imediato e com uma vigilância mais apertada, é uma mais valia até porque depois têm os fisioterapeutas, uma vez que têm que fazer tratamentos diariamente e minimizar as situações". 

Arminda Pinto é uma das 15 enfermeiras da equipa multidisciplinar que constitui a unidade de AVC do centro hospitalar da Cova da Beira e que no dia mundial do Acidente Vascular Cerebral promoveu uma acção de sensibilização na escola de Silvares junto dos mais jovens. À mais de meia centena de alunos presentes a equipa explicou os sintomas a que é que é preciso estar alerta "o rosto descaído, a fala enrolada e não conseguir levantar o braço ou arrastar a perna, ou ambos, nesse caso ligar de imediato o 112".

 A rapidez na assistência é um factor chave na recuperação do doente com AVC. Ana Catarina teve isso a seu favor, mas também a sua força de vontade, optimismo e juventude. Com 32 anos teve um AVC e hoje decidiu partilhar a sua experiência. As causas do Acidente Vascular Cerebral foram várias "fumava 3 maços de tabaco por dia, dormia 3 horas por noite, comia fast food e ía de carro para todo o lado", explicou aos presentes esta trabalhadora estudante que esteve três semanas internada na Unidade de AVC do Centro Hospitalar da Cova da Beira, um mês em cadeira de rodas e quatro num centro de recuperação onde reaprendeu a andar "como os bebés, dar os primeiros passos, o equilíbrio". Ana Catarina é um caso de sucesso. Mas o AVC continua a ser a principal causa de morte em Portugal e a principal causa de incapacidade. 

 

 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados