RCB/TuneIn
Domingo, 15 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
III FESTIVAL DA MEMÓRIA SEFARDITA
Rádio Cova da Beira
A inauguração do novo centro de cultura de Trancoso, dedicado ao médico judeu Isaac Cardoso e o lançamento da sinalética nacional de identificação do património judáico, em Belmonte, são os pontos altos da iniciativa que decorre este fim de semana.
Por Nuno Miguel em 19 de Oct de 2012

Para secretário geral da rede das judiarias de Portugal "este centro de cultura representa uma enorme mais valia para a nossa região uma vez que permitiu recuperar um imóvel degradado e dotá-lo com algumas valências que podem ser muioto importantes e ser mais um atractivo turistico para toda a região; para além da inauguração do centro vamos também apresentar um líder dedicado a Isaac Cardoso, um médico judeu, muito reconhecido pelo seu trabalho".

Outro dos pontos altos vai ser a apresentação, em Belmonte, da sinalética nacional de identificação de património judaico. Jorge Patrão sublinha que "a escolha de Belmonte fica a dever-se à grande influência de património judaico que existe no concelho e desta forma vai ser possível unformizar, em todo o país, a sinalética que é utilizada para identificar este tipo de património".

Neste encontro vai ainda ser lançado um livro biográfico, da autoria do historiador Jorge Martins, que retrata a vida da cidadã mais idosa que foi perseguida pela inquisição "trata-se duma senhora natural de Castelo Branco, chamada Maria Gomes e que tinha 113 anos; um facto que surpreendeu até os próprios inquisidores". 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados