RCB/TuneIn
Quinta, 05 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CONTRA AS PORTAGENS: MARCHAR...
Rádio Cova da Beira
Mais de uma centena de viaturas participaram na marcha de protesto contra as portagens que ligou as cidades de Covilhã e Fundão, pela EN 18, naquela que deverá ter sido a mais participada de sempre.
Por Paula Brito & Paulo Pinheiro em 13 de Oct de 2012

Uma luta que deve unir o interior. O apelo à união foi deixado pelo empresário António Ezequiel que devido à introdução de portagens já deslocalizou uma parte da empresa para o litoral “tivemos que deslocalizar uma parte da empresa para o litoral porque as portagens retiraram-nos competitividade, mas eu sou do interior e quero ficar cá por isso estou aqui a lutar contra uma medida que representa a morte do interior”.

Outro dos empresários presentes foi Luís Veiga, que tem sido a voz do movimento de empresários pelo interior criado com o objectivo de fazer recuar o governo perante uma “injustiça e uma ilegalidade”.

Presente na marcha de protesto esteve também o presidente da junta da Conceição, na cidade da Covilhã, que lamentou a ausência de Carlos Pinto no protesto “lamento que não esteja aqui o senhor presidente da câmara  que há uns meses atrás estava contra as portagens que foram introduzidas por este governo e agora não o vejo cá, o que demonstra que o sr. presidente não está ao serviço da Covilhã mas do PSD”.

A próximo acção de protesto está marcada para o dia 28 de Outubro na Covilhã, uma caminhada contra as portagens.  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados