RCB/TuneIn
Segunda, 30 Mar 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CURSO SEM CANDIDATOS
João Queiróz admite que pode haver necessidade de repensar o futuro do curso de engenharia civil na universidade da Beira Interior.
Por Nuno Miguel em 24 de Sep de 2012

No arranque deste ano lectivo, nenhum novo aluno ingressou nessa licenciatura pelo que transitam para a segunda fase as 60 vagas disponíveis.

Embora admita que "a redução do número de candidatos a nível nacional e uma menor procura dos cursos de engenharia" estejam na origem dessa situação, o reitor da UBI admite que a continuidade da licenciatura pode ser equacionada nos próximos anos "é um cenário que podemos ter de analisar uma vez que ele resulta duma conjuntura nacional e por isso vamos aguardar antes de tomar qualquer decisão".

Apesar de nenhum novo aluno ter chegado ao curso de civil na primeira fase, João Queiróz refere que essa situação não vai provocar quaisquer alterações no normal funcionamento da licenciatura "no primeiro ano há diversas disciplinas comuns com outros cursos de engenharia e também está a decorrer a segunda fase pelo que é provável que possam chegar alguns candidatos; de qualquer forma no novo ano lectivo não será feita qualquer alteração ao funcionamento dessa licenciatura".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados