RCB/TuneIn
Sexta, 25 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ORIGENS DA CRISE POR EXPLICAR
Portugal está hoje a pagar a factura dum conjunto de opções erradas que seguiu nos últimos 20 anos. A ideia deixada na UBI pelo antigo ministro da economia Augusto Mateus durante o debate “plataformas logísticas; Portugal no centro do comércio mundial” que decorreu na universidade da Beira Interior.
Por Nuno Miguel em 24 de Sep de 2012

Outras da categoria:

Para o antigo governante "o que é humilhante não é o cheque que a troika nos dá, de três em três meses, depois dum exame; mas sim o facto de ninguém ter explicado que nós gastámos mais na construção de estádios de futebol ou na requalificação da linha ferroviária do norte, que continua a funcionar como no século XIX do que a Alemanha na construção do novo aeroporto de Berlim; as origens na crise estão aqui e ninguém ainda conseguiu explicar isto aos portugueses".

O antigo ministro da economia considera que o rumo das opções erradas não deve ser prosseguido, deixando como exemplo a circulação rodoviária de mercadorias entre Lisboa e os países da Grã Bretanha, quando por via marítima os custos seriam muito mais reduzidos.

Augusto Mateus considera por isso que "mais importante que investir em novas infra-estruturas, é fundamental que o novo conceito estratégico de defesa nacional seja assente em respostas aos desafios já existentes".

Esta conferência esteve inserida num conjunto de oito debates que o ministério da defesa está a promover em todo o país para lançar o debate público sobre o conceito estratégico de defesa nacional; um documento que vai ser revisto durante o próximo ano.

Paulo Braga Lino, secretário de estado da tutela, alerta para a importância de reforçar a partilha de todo o tipo de recursos: "a soberania de Portugal deve começar na sua independência económica e nós ainda não a alcançámos; torna-se por isso vital que os nossos recursos possam ser melhor articulados e partilhados pois doutra forma não vamos conseguir vencer esta crise".

Para o governante, a revisão do conceito estratégico de defesa nacional resulta da alteração do paradigma verificado dos Estados Unidos da América e que leva à necessidade de uma maior articulação sobre as questões da segurança nacional em todos os países da Europa.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados