RCB/TuneIn
Domingo, 25 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SCMB QUER CUIDADOS CONTINUADOS
A nova provedora da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte quer retomar o projecto do hospital de retaguarda, para o qual a instituição chegou a receber um subsídio da Segurança Social, e transformá-lo numa unidade de cuidados continuados.
Por Paula Brito em 23 de Aug de 2012

A verba de 300 mil euros nunca foi aplicada no hospital de rectaguarda “por decisão do então provedor a verba foi aplicada em obras de ampliação do lar que aumentou o número de quartos” explica Anabela Pinto, a nova provedora da instituição que pretende  retomar esse projecto como uma unidade de cuidados continuados “vamos avaliar quais são os requisitos necessários, vamos elaborar um projecto e apresentá-lo aos parceiros”. 

Um projecto que só funciona estabelecendo uma parceria tripartida entre a misericórdia, a câmara de Belmonte e o centro hospitalar da Cova da Beira “a santa casa tem as instalações, o município poderá ser extremamente útil na atribuição de uma verba, de forma global, e obviamente o CHCB tem a massa humana necessária para o funcionamento desta unidade de cuidados continuados”.  

A ser criada ,a unidade de cuidados continuados ficará no edifício contíguo ao lar da misericórdia que já existe, com todas as infra estruturas necessárias mas que nunca foi utilizado, sendo apenas necessária uma adaptação ao novo projecto.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados