RCB/TuneIn
Terça, 05 Jul 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SINDICATO DENUNCIA
O ano encerra com despedimentos para os trabalhadores da Carveste. Ainda ? desconhecido o n?mero de funcion?rias despedidas mas o sindicato t?xtil da Beira Baixa (STBB) tem agendada uma reuni?o, ? porta da empresa de confec??es, na pr?xima segunda-feira, dia em que a Carveste retoma a labora??o depois de um per?odo de f?rias.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 31 de Dec de 2008

Em comunicado, o sindicato acusa o empresário Francisco Cabral de “agir de má fé” já que é a terceira vez que deixa as trabalhadoras irem de férias nesta altura para no final do ano as presentear com cartas de despedimento, sem aviso prévio, não cumprindo o que a lei determina no que diz respeito ao despedimento colectivo.

Desta vez, de acordo com o STBB, nas cartas enviadas é informado o montante da dívida que a empresa tem para com cada trabalhadora e que o pagamento será efectuado em prestações mensais de cem euros “ haverá trabalhadoras que levariam décadas para receber os seus créditos”, sublinha o sindicato.

 

O STBB agendou para a próxima segunda-feira, dia da reabertura da empresa , após férias, um encontro à porta da Carveste com as trabalhadoras que receberam a carta despedimento para em conjunto decidirem o que fazer.

 

No comunicado enviado à comunicação social, o sindicato têxtil, e face ao comportamento verificado, reserva-se o direito de exigir a realização de uma auditoria e investigação à empresa com sede em Caria.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados