RCB/TuneIn
Domingo, 15 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
APOIO AOS BVC: CORTES CONTESTADOS
Bancada do PS na assembleia municipal da Covilhã não compreende os motivos que levaram a autarquia a reduzir de 6000 para 2500 euros o apoio mensal aos bombeiros voluntários.
Por Nuno Miguel em 31 de Jul de 2012

Na última reunião do órgão, Hélio Fazendeiro refere que "esta situação é incompreensível uma vez que a câmara da Covilhã é uma das que instituiu a cobrança da taxa municipal de protecção civil para assegurar o bom funcionamento desse serviço e agora vem propor uma redução muito significativa do apoio dado aos bombeiros".

Críticas que o presidente da câmara da Covilhã rejeita. Carlos Pinto justifica a redução do apoio mensal aos bombeiros com a nova lei dos compromissos. Já quanto à taxa municipal de protecção civil, o autarca refere que "até à data, a câmara da Covilhã ainda não arrecadou um único euro desse imposto uma vez que esta taxa foi criada pela assembleia da república mas a sua aplicação prática, tal como sucedeu com a taxa de ocupação de subsolo, tem motivado muita contestação por parte das empresas e prevejo que demore anos até haver uma decisão juridica sobre essa matéria".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados