RCB/TuneIn
Sexta, 22 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
SUSPENDA MANDATO
Esta ? a exig?ncia que o bloco de esquerda (BE) faz ao presidente da c?mara municipal da Covilh?. Em causa est?o as suspeitas vinda a p?blico acerca da actua??o da c?mara municipal da Covilh? e do seu presidente.
Por Paulo Pinheiro em 28 de Dec de 2008

A última, a queixa apresentada pela direcção regional de agricultura e pescas do centro (DRAPC) à CCDRC e inspecção-geral do ambiente e ordenamento do território (IGAOT) a propósito da construção de uma habitação pelo autarca covilhanense, junto ao aeródromo da Covilhã, que segundo a DRAPC “está ilegal e devia ser embargada por violar o plano director municipal (PDM) ”.

Em comunicado, o presidente da câmara municipal da Covilhã garante que à autarquia não chegou qualquer pedido de esclarecimento sobre o assunto; constituindo-se dessa forma uma “intolerável suspeita”. O autarca anunciou que vai deixar de participar nas reuniões do executivo até que sejam apuradas todas as conclusões sobre a matéria.

Para o bloco de esquerda (BE) da Covilhã, esta decisão “em termos práticos, nada é consequente, pois, tudo o que vai a aprovação dessas sessões de câmara é cozinhado antecipadamente”. Em comunicado, o BE covilhanense entende que o presidente da câmara da Covilhã “ em vez de se tentar vitimizar deveria já ter suspendido o mandato até à clarificação de todas as situações”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados