RCB/TuneIn
Sexta, 22 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
OPOSIÇÃO PROPÕE FIXAR DERRAMA E BAIXAR IMI
Em Penamacor, a oposição propõe a fixação de um valor para cobrança de taxa de derrama às empresas instaladas no concelho. A proposta foi apresentada na última reunião pública e insere-se na estratégia “Robin dos Bosques”, isto é, tirar aos ricos para dar aos pobres.
Por Paula Brito em 20 de Jul de 2012

Jorge Corucho, vereador da Coligação “Todos por Penamacor”, justifica a proposta “porque o município, por vontade da maioria, não aplica qualquer Derrama, sugiro que se estabeleça um limite, a partir do qual as empresas possam contribuir para os cofres da autarquia, possibilitando assim a diminuição dos encargos das famílias”.

A diminuição dos encargos das famílias seria feita através da redução dos valores do IMI e do IRS “é uma proposta que nós já fizemos e que pode aliviar o orçamento familiar se a câmara o entender”, remata Vítor Gabriel.

Na resposta, o vice presidente da autarquia mostrou-se disponível para analisar todos os cenários “no IRS não haverá muito a alterar, a receita não é grande, mas poderemos analisar, quanto ao IMI não será difícil encontrarmos uma plataforma para reduzirmos o IMI tendo em conta a avaliação que está a ser feita”. Segundo o autarca até final do ano, e com efeitos já a partir do próximo ano, “quase todos os prédios do municípios estarão avaliados”.

António Cabanas mostrou-se ainda disponível para aceitar o repto da oposição no sentido de elaborarem o orçamento do próximo ano em conjunto, “tendo em conta o momento político de uma maioria em fim de ciclo”. Justificou António Cabanas que presidiu à última reunião pública do executivo de Penamacor.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados