RCB/TuneIn
Sexta, 05 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
DRAPC FISCALIZA E ENVIA DEN?NCIA
Direc??o regional de agricultura e pescas do centro (DRAPC) refere que moradia que o presidente da c?mara municipal da Covilh? est? a construir, junto ao aer?dromo da Covilh?, est? ilegal. A DRAPC afirma que a obra deve ser embargada. A not?cia ? avan?ada na edi??o de hoje do Jornal de Not?cias.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Dec de 2008

Segundo o aquele diário, a DRAPC, que fiscalizou a obra, enviou uma ofício/denúncia à inspecção geral da ambiente e administração do território (IGAOT) e à comissão de coordenação e desenvolvimento regional do centro (CCDRC), refere que a moradia do autarca covilhanense “ está em claro desrespeito pelo regulamento do plano director municipal (PDM) ”.

A DRAPC solicita a intervenção das autoridades fiscalizadoras e denúncia outra alegada ilegalidade “não foram acautelados os procedimentos administrativos necessários à obtenção de pareceres prévios relativos ao fraccionamento de prédios rústicos e à definição da unidade de cultura”.

Ao JN, o presidente da câmara municipal da Covilhã assegura que a obra está licenciada e é legal e refere “ estou tranquilo, durmo bem para os dois lados”. Carlos Pinto não poupa críticas ao director regional de agricultura e pescas do centro, Rui Moreira, afirmando que “o denunciante era especialista em falências de adegas cooperativas agora derivou para outra especialidade, a de perseguir autarcas, em vez de acompanhar a vida dos agricultores, porque é para isso que é pago”, acrescentando que “só porque tem o cartão do PS pensa que pode fazer tudo, mas não pode”.

De acordo com o Jornal de Notícias, Rui Moreira confirmou a fiscalização à moradia do presidente da CMC e o envio da denúncia para a IGAOT e CCDRC, mas informou que não recebeu resposta de nenhuma das duas entidades.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados