RCB/TuneIn
Quarta, 25 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
CASTELO BRANCO: CALL CENTER ENCERRA
O instituto da seguran?a social (ISS) anunciou, em comunicado, que apesar do encerramento tempor?rio do centro de atendimento telef?nico instalado em Castelo Branco, o servi?o vai manter-se em funcionamento com um novo modelo.
Por Nuno Miguel em 27 de Jun de 2012
O instituto refere que o serviço de atendimento deixa de estar exclusivamente dependente de operadores externos em que a segurança social paga a uma empresa que tem a concessão do centro de atendimento e passa também a ser distribuido pelos próprios serviços. Uma alteração que,a firma o comunicado vai permitir “uma significativa redução de custos”.


O contrato de concessão entre o ISS e a empresa “RH Mais” termina no próximo sábado e a empresa já disse aos trabalhadores que a próxima sexta-feira será o último dia de operações e que vai despedir a totalidade dos 400 funcionários; 160 precários e 240 efectivos. Os trabalhadores afirmam que, mediante informações prestadas, o centro vai voltar a funcionar a partir do dia 16 de Julho, nas mãos duma nova empresa e com 50 funcionários. No entanto a empresa “RH Mais” admite que pode readmitir alguns funcionários em Novembro mesmo sem saber se vai continuar a gerir o centro sediado em Castelo Branco.


Já o presidente da câmara municipal de Castelo Branco lamenta esta decisão. Joaquim Morão garante que a autarquia vai procurar encontrar alternativas de emprego para estas pessoas e considera que esta situação revela uma falta de solidariedade para quem necessita.


Uma questão que, de resto, já motivos a apresentação duma pergunta de Hortense Martins, deputada do PS eleita pelo distrito de Castelo Branco na assembleia da república, ao ministro da segurança social. A eleita socialista quer saber de que forma a segurança social vai cumprir o acordo que fez com a câmara de Castelo Branco que estabelecia a permanência daquele serviço na cidade por um período de 15 anos.


Já o sindicato dos trabalhadores da função pública agendou a realização dum plenário para o próximo sábado e onde vai defender que dada a experiência adquirida pelos funcionários deviam ser integrados nos quadros da segurança social.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados