RCB/TuneIn
Quarta, 12 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
COVILHÃ: BARRAGEM AVANÇA
Passados vinte e um anos, a câmara municipal da Covilhã vai assinar o contrato de financiamento para a construção da barragem das Penhas da Saúde. É na sexta-feira que o ministro da economia e o secretário de estado adjunto da economia e desenvolvimento regional participam na cerimónia.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 26 de Jun de 2012

Para o presidente da câmara municipal da Covilhã este é um passo fundamental para a construção da barragem

"É um passo importante depois do esforço imenso feito. para ultrapassar vários obstáculos e sobretudo garantir a parte financeira~", refere Carlos Pinto.

A obra vai custar 28 milhões de euros, 2 anos e meio a 3 anos de construção, 400 postos de trabalho quando estiver em velocidade de cruzeiro (Abril, Maio de 2013). De acordo com o autarca covilhanense, a empreitada deve ser adjudicada até Outubro do corrente ano e os trabalhos podem começar no início do próximo ano.

O presidente da CMC não esconde a satisfação por estar, ao fim de 21 anos, a concretizar este projecto que garante o abastecimento de água ao concelho da Covilhã até 2050

"Começámos a falar da barragem em Outubro de 1991; o tempo que é preciso para se fazer uma obra destas. O que interessa é que 21 anos passados avançámos com o elemento fundamental: o recurso financeiro", defende Carlos Pinto.

A barragem é um investimento de vinte e oito milhões de euros, 14 milhões comparticipados pelo QREN, no âmbito do POVT, 10 milhões pelo Banco Europeu de Investimento e os restantes 4 assegurados pela CMC:


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados