RCB/TuneIn
Sábado, 24 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
JS DESAFIA CP
A federa??o distrital de Castelo Branco da JS desafia, mais uma vez, a CP a anunciar publicamente os n?meros de passageiros e resultados operacionais registados ap?s a introdu??o de automotoras no servi?o Intercidades.
Por Paulo Pinheiro em 22 de May de 2012

Para a JS distrital, a CP piorou a qualidade do serviço e "prescindiu de reduzir o tempo de percurso para obter uma poupança anual de 1,5 milhões de euros"

Após a reunião entre a CP e os autarcas abrangidos pelo serviço da linha da Beira Baixa, em que a empresa anunciou a redução dos preços dos serviços,, para a JS este é o sinal de que "a empresa reconhece, após seis meses após a introdução das automotoras no serviço de Intercidades, que o novo serviço se encontra desajustado ao mercado".

A federação distrital de Castelo Branco da JS lamenta que a CP não tenha aproveitado para reintroduzir as anteriores composições de locomotiva e carruagem "que é a raiz fundamental do problema".

Os jovens socialistas do distrito de Castelo Branco concluem que a CP continua a apresentar um serviço de má qualidade e com preços e tempos de percursos superiores À concorrência

"Recusamos que após o investimento efectuado na linha da Beira Baixa se prescinda de apresentar a ferrovia como uma solução alternativa de transporte orientada para as pessoas e economicamente sustentável. Desafiamos a CP a reflectir novamente sobre a solução apresentada sob pena de a curto prazo asistirmos ao encerramento da linha da Beira Baixa", refere a JS.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados