RCB/TuneIn
Domingo, 26 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
3? DIVIS?O NACIONAL ? 11? JORNADA
Penamacorense goleou a Atalaia por 61, o Sertanense perdeu pela primeira vez em casa, mas mant?m o comando, o Unhais regressou ?s vit?rias, e o Benfica foi derrotado em casa pelo G?ndara.
Por José Joaquim Ribeiro em 30 de Nov de 2008

 

O Sertanense volta a escorregar no cair do pano, na partida com o Sourense. A equipa de Eduardo Húngaro foi surpreendida por uma equipa que terá estudado muito bem o seu adversário e que alcançou o triunfo 3 minutos para lá dos regulamentares 90’. Começa a ser preocupante a forma como o Sertanense desperdiça pontos nos momentos finais das partidas que realiza no seu recinto. Já tinha consentido dois empates mas desta feita a coisa foi bem pior. Os golos só aconteceram no último quarto de hora da partida e a primeira equipa a marcar até foi o Sourense, aos 75, por Xano, no entanto o empate aconteceu passados quatro minutos, com Miguel a saltar mais alto que os adversários e a fazer o golo de cabeça, entretanto, quando já se pensava que o resultado seria um empato o Sourense, ao minuto 90+3 fez o golo que lhe garantiu o triunfo. Apesar de derrotado o Sertanense não perdeu pontos para os seus adversários directos isto porque dos quatro primeiros classificados nenhum evitou ser derrotado nesta ronda.

 

Entre os primeiros quatro está também o Benfica de Castelo Branco que nesta jornada recebeu o Gândara e a equipa do distrito de Coimbra, jogando desde os 26’ com 10 unidades, por expulsão de Ivo e desde os 83’ com 9 jogadores, por exclusão de David, conseguiu aos 82’ chegar ao golo, por intermédio de Pimpão após cruzamento de Tomás. O Benfica foi sempre uma equipa sem imaginação, pouco organizada e extremamente passiva. Nem mesmo quando ficou em desvantagem esboçou a natural e esperada reacção. Os encarnados quiseram resolver individualmente aquilo que só o colectivo pode solucionar, quando assim acontece o sucesso fica bem longe de poder ser alcançado.

 

O Unhais regressou aos triunfos. A segunda vitória da equipa do Unhais da Serra acontece dois dias depois do técnico António Real ter batido com a porta e ter abandonado o comando técnico da equipa. Foi com Rui Morais, que recentemente havia abandonado a pratica do futebol, à frente da equipa, ainda que a titulo provisório, que os serranos conquistaram os três pontos. Logo aos 8´ Tomás fez um golo, algo estranho mas que valeu, dando vantagem à sua equipa. O Tomás na tentativa de fazer um cruzamento acabou por ver a bola encaminhar-se para o fundo das redes adversárias, a vitória consumou-se aos 69’, com novo golo, algo parecido com o primeiro, mas desta feita protagonizado por Carlitos e com a ajuda do guarda-redes contrário. Esta vitória pode voltar a dar a tranquilidade que tem faltado a esta formação que na época passada tão boa conta tinha dado neste campeonato.

 

A goleada da jornada aconteceu no Municipal de Penamacor. A ADEP tirou a barriga de misérias e aplicou meia dúzia à Atalaia do Campo, que neste jogo não conseguiu entender-se com o futebol praticado pelos comandados de Vítor Salvado. A goleada começou a desenhar-se aos 26´quando Pedro Silveiro abriu o activo, aos 33 um penálti cometido sobre Cristoff Luís Graça converteu o segundo golo. Se a partida já não estava a correr de feição à formação de Paulo Serra, aos 38’ com a expulsão de Cláudio, que reclamou junto do árbitro em termos menos próprios, mais complicada passou a ser tarefa do técnico da Atalaia do Campo. Curiosamente, um minuto depois desta contrariedade Gelson rematou forte para o 2-1. Na segunda parte é que a perda de uma unidade mais se fez sentir. Aos 60’ José Luís colocou o resultado em 3-1, aos 72 Luís Graça bateu mais um penálti e fez 4-1, aos 80’ Álvaro eleva para 5-1, na primeira vez que tocou na bola e aos 87 Ricardo Santos fixou o resultado em 6-1. Foi certamente uma vitória muito moralizadora para a equipa da ADEP, que neste jogo marcou quase tantos golos como aqueles que tinha marcado nas 10 jornadas anteriores e terá, necessariamente, que ser um jogo para reflectir por parte do grupo de trabalho de Paulo Serra.

 

Em termos de classificação, o Sertanense mantém os 23 pontos, mais 4 que Vigor Mocidade e mais 5 que Benfica e castelo Branco e Lousanense. ADEP e Unhais partilham a 10º posição com o Torres Novas e a Atalaia do Campo está na 10ª posição com 10 pontos.

 

No próximo domingo mais um jogo entre clubes do distrito vai acontecer, será o Atalaia do Campo – Unhais da Serra. O Sertanense desloca-se a Caldas da Rainha, a ADEP vai até Pombal e o Benfica volta a jogar em casa defrontando o Sourense.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados