RCB/TuneIn
Domingo, 26 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PENAMACORENSE VOLTA A PERDER EM CASA
Num mau jogo de futebol, quer por parte da ADEP quer por parte do Vigor Mocidade, os ?ltimos minutos da partida foram fat?dicos para a equipa de Penamacor
Por José Joaquim Ribeiro em 17 de Nov de 2008

 A ADEP, que sofreu o primeiro golo aos 54 minutos, num lance finalizado por Alemão I, conseguiu, a quatro minutos dos noventa, chegar ao tento da igualdade, por intermédio do central Marco. Considerando o tempo que faltava para o termo da partida teria sido importante que a equipa tivesse a serenidade para não se deixar surpreender, mas, como muito bem diz o ditado, " quem tudo quer tudo perde " . Os jogadores da ADEP, na ânsia de chegar ao triunfo, deixaram de fazer o que bem sabem: os bons passes e as excelentes transições, ao mesmo tempo que descuraram o seu sector recuado e, apenas um minuto depois de ter obtido a igualdade, voltou a deixar que o Vigor Mocidade se adiantasse no marcador, com um golo de Alemão II. Um balde de água fria em tarde solarenga.

Outro dos ditados populares que se aplica na perfeição na analise a este jogo é aquele que diz que, " não duas sem três ". Já com cinco minutos de compensações Hugo Amado fixou o resultado final no 1-3, arrumando um jogo que não teve grandes atractivos.

Vida difícil para os comandados de Vítor Salvado, se não começam a ganhar.

Luís Seguro


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados