RCB/TuneIn
Quarta, 26 Jun 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ASAE ARRASOU PRODUTOS TRADICIONAIS
A actua??o da ASAE foi ?criminosa? para os produtos e tradi??es do nosso pa?s. Segundo Ana Soeiro, secret?ria geral da Qualifica, a Autoridade de Seguran?a Alimentar e Econ?mica foi respons?vel pelo fim de centenas de produtos e produtores tradicionais.
Por Paula Brito em 28 de Feb de 2012

Segundo Ana Soeiro, convidada da assembleia municipal de Penamacor para falar de produtos tradicionais, “desapareceram centenas, senão milhares de produtos tradicionais, foi o pânico, as pessoas fecharam pequenos negócios e deixaram de fazer pequenas coisas como bolos para vender numas rifas para comprar um novo sino para a igreja, isto foi tudo proibido, eu diria que foi criminoso e ainda por cima ninguém lucrou nada com isto”.

Ana Soiero deixou ainda como exemplo deste pânico lançado pela ASAE a matança do porco e recorda que pode ser feita desde que para consumo próprio mas também em festas e romarias “podem matar o porco para fins didácticos desde que avisem e chamem o veterinário municipal para atestar se o porco está em condições, o que eu acho bem, o que é ridículo é que no fim quando a população acaba de comer o porco mas ainda sobra, não pode ser dado por exemplo a uma instituição porque a lei trata o que resta do porco como resíduo perigoso, isto é de doidos”.

Crítica em relação à política seguida por Portugal nesta matéria, Ana Soeiro secretária geral da Qualifica, Associação nacional de município e de produtores para a valorização e qualificação dos produtos tradicionais portugueses,  lamenta que apesar da existência de tanta legislação e burocracia nesta matéria ainda não tenha sido definido um conceito para a palavra tradicional e que tem levado a uma utilização abusiva do conceito “o que resulta num enorme prejuízo para os produtores verdadeiramente tradicionais, para os consumidores que são enganados e para a economia em geral porque a concorrência não é livre e leal”.  

Ana Soeiro foi a convidada da última assembleia municipal de Penamacor para falar de produtos tradicionais. A assembleia municipal de Abril será na freguesia de Águas e o termalismo será o tema em destaque.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados