RCB/TuneIn
Sexta, 29 Mai 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
DESEMPREGO E ABANDONO ESCOLAR PREOCUPA JS
H? 44 casos de estudantes que anularam a matr?cula no Instituto Polit?cnico de Castelo Branco. O n?mero preocupa o candidato ? lideran?a da JS distrital.
Por Paula Brito & Nuno Miguel em 21 de Feb de 2012

João Geraldes quer saber os motivos que levaram os 44 jovens a anularem a matrícula “queremos saber se é por falta de dinheiro para pagar as propinas, se é por serem deslocados e não terem dinheiro para pagar as portagens e o aumento dos combustíveis”.

Na apresentação pública da sua candidatura à liderança da JS distrital, João Geraldes mostrou ainda preocupado com os números do desemprego jovem no distrito “temos 3.947 jovens desempregados no nosso distrito até aos 34 anos, isto é um flagelo”.

O candidato da JS está ainda preocupado com a incerteza relativamente ao futuro do Instituto Português da Juventude de Castelo Branco “não se sabe o destino do IPJ de Castelo Branco, o delegado regional vai para Coimbra, a JS tem que questionar o governo sobre esta matéria”.

O aumento do número de jovens nas listas nas próximas autárquicas é uma das prioridades e, segundo João Geraldes, uma das formas de financiar a Juventude Socialista “temos poucos jovens nas assembleias municipais, se o PS colocar um jovem em cada concelho, além de estar a dar formação está a financiar a JS, porque uma parte das senhas de presença vai para a Juventude Socialista”.

João Geraldes, actual presidente da concelhia da JS de Idanha a Nova, deverá substituir Artur Patuleia na liderança da JS distrital. O congresso está marcado para o próximo dia 24 de Março, em princípio, em Penamacor.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados