RCB/TuneIn
Quinta, 09 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUS?O EQUACIONADA
Gabinetes de medicina legal da Covilh? e de Castelo Branco podem fundir-se em apenas uma estrutura. A hip?tese foi levantada pelo presidente do instituto nacional de medicina legal ? margem duma confer?ncia sobre a tem?tica dos direitos humanos que decorreu na faculdade de ci?ncias da sa?de da UBI.
Por Nuno Miguel em 26 de Jan de 2012

Em declarações à RCB, Duarte Nuno admite que a fusão de gabinetes é uma hipótese que está a ser equacionada no âmbito da reorganização que vai ocorrer em breve no instituto e que vai também levar à extinção do instituto de ciências forenses. O presidente do instituto refere que "actualmente temos 33 gabinetes a funcionar e eu admito perfeitamente que nalguns casos, em que a distância não é significativa e em que as populações não sejam prejudicadas, é possível fazer a fusão de dois gabinetes".

Embora reconheça que a palavra final vai caber ao ministério da justiça, Duarte Nuno refere que a existência de dois gabinetes de medicina legal na Beira Interior tem de ser muito bem reavaliada "neste momento há estruturas a funcionar em Castelo Branco e na Covilhã; aqui na UBI a estrutura tem caracteristicas muito particulares uma vez que trabalha directamente na área de formação dos alunos da faculdade de ciências da saúde e por isso a questão vai ser muito bem reavaliada antes de ser tomada qualquer decisão".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados