RCB/TuneIn
Terça, 21 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ANO NOVO: BISPO PREOCUPADO
O bispo da diocese da Guarda teme que a conjuntura de crise venha agravar o clima de conflitualidade social na regi?o.
Por Nuno Miguel em 31 de Dec de 2011

Na tradicional mensagem de Ano Novo, D. Manuel da Rocha Felício refere que "os cidadãos devem encontrar formas de contribuir para o desenvolvimento da região" mas receia que, no novo ano, as dificuldades sejam ainda maiores "sabemos que os cortes vão ser ainda maiores e isso preocupa-me nomeadamente pelas consequências sociais que se podem agravar ainda mais". 

Um dos exemplos dessas dificuldades diz respeito ao aumento das tarifas de electricidade. Para o bispo da diocese da Guarda "deveriam existir situações de discriminação positiva para as regiões mais desfavorecidas".

Na mensagem de Ano Novo, D. Manuel Felício mostra-se ainda muito preocupado com a tendência crescente para a imigração de toda a Beira Interior "são cada vez mais as pessoas que rumam a outras paragens e é urgente que o poder político tome medicas no sentido de travar esse fenómeno".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados