RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PENAMACOR: OR?AMENTO APROVADO SEM DISCUSS?O
Oposi??o votou contra, presidente da junta de ?guas absteve-se, PS votou a favor, mas a ?nica interven??o na assembleia sobre o or?amento foi do presidente da junta de Benqueren?a.
Por Paula Brito em 29 de Dec de 2011

António Beites recorda que 20% do orçamento está afecto à água, saneamento e lixo "só estas três rúbricas têm afectos 3 milhões de euros, quase 20% do orçamento, que podiamos estar a investir em obras".

O diferendo com a empresa Águas do zêzere e côa é uma das razões pela qual o orçamento para 2012, segundo Domingos Torrão, mantém os mesmos valores deste ano "quando o normal seria reduzir". A juntar a esta situação está o aumento do IVA na electricidade de 6 para 23% e que na última factura da iluminação pública do concelho se traduziu num aumento de 12 mil euros.

Para 2012 o presidente da câmara de Penamacor espera receber um milhão de euros de receita da energia eólica e concluir um conjunto de obras que estão em curso "o centro de congressos Ribeiro Sanches, a rua de Santa Marta, a praia fluvial da ribeira da Meimoa, o cruzamento das aldeias, para além de outras requalificações que estamos a pensar fazer na vila".

Obras que vão valorizar e, segundo a maioria, dar uma nova centralidade à vila de Penamacor. António Beites aplaude as obras na sede de concelho apesar disso significar menos obras nas freguesias. O autarca espera que 2012 seja o ano de conclusão das obras na rua de Santa Marta na sua freguesia.

O presidente da junta de Benquerença foi, estranhamente ou talvez não, o único a usar da palavra sobre o plano e orçamento da câmara municipal.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados