RCB/TuneIn
S√°bado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BISPO DA GUARDA CRITICA GOVERNO
A Beira Interior foi mais uma vez discriminada pela negativa. ? desta forma que D. Manuel da Rocha Fel?cio comenta a coloca??o de portagens nas antigas Scuts do interior.
Por Nuno Miguel em 27 de Dec de 2011

Na tradicional mensagem de natal, D. Manuel da Rocha Felício refere que "o governo devia ter discriminado positivamente as regiões do interior pois o poder de compra da nossa região é muito inferior ao de outras regiões". O prelado teme que esta situação possa significar a deslocalização de empresas e aumentar o desemprego "como aliás já está a suceder na zona da Covilhã".

D. Manuel da Rocha Felicio pronunciou-se também sobre as propostas da reforma administrativa. O bispo da diocese da Guarda reconhece que "é preciso fazer alguma coisa" mas discorda da forma como o processo tem sido conduzido "aquilo que eu tenho visto é apenas cortes no papel e não uma discussão séria sobre as questões do interior e as melhores formas de apoiar as populações".

No actual cenário de crise o bispo da Guarda deixou ainda um forte apelo à classe política no sentido de tomar medidas de apoio aos cidadãos. Senão, diz D. Manuel Felício "de tanto apertar o cinto vão acabar por se perder as forças".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados