RCB/TuneIn
Terça, 26 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
18 MILH?ES DE EUROS DE OR?AMENTO
Est?o aprovadas as grandes op??es do plano da c?mara de Idanha-a-Nova para 2012. Os documentos foram aprovados por maioria na reuni?o da assembleia municipal e, embora sem votarem contra, os eleitos da oposi??o deixaram v?rias cr?ticas ao executivo.
Por Nuno Miguel em 27 de Dec de 2011

António Gil, eleito da CDU, absteve-se por considerar que estes documentos não dão resposta às reais necessidades das populações "não temos aqui um verdadeiro plano de actividades em que estejam definidas as prioridades do concelho e por isso continuo a verificar que se realizam obras avulsas e que, em muitos casos, não são necessárias".

A bancada do PSD também se absteve e acusa a maioria socialista de "falta de estratégia para criar empregos e fixar pessoas no concelho". João Lopes mostra também alguma apreensão pelo facto de "as despesas correntes continuam a superar os montantes previstos para investimento".

O orçamento deste ano apresenta uma diminuição de três milhões de euros em relação ao ano passado. Uma situação que, refere o presidente da autarquia, fica a dever-se ao facto de a câmara de Idanha já ter praticamente esgotada a sua quota de utilização de fundos comunitários.

No que respeita a novas obras para o concelho, Álvaro Rocha destaca três projectos "a requalificação das termas de Monfortinho que é fundamental na área do turismo e também os investimentos na construção dos novos centros escolares e na conclusão do complexo agro-alimentar da freguesia do Ladoeiro que ainda vai ter custos, no próximo ano, superiores a um milhão de euros".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados