RCB/TuneIn
Domingo, 15 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
BELMONTE APROVA PLANO E OR?AMENTO
Oposi??o vota contra plano e or?amento da c?mara de Belmonte para o pr?ximo ano.
Por Paula Brito em 26 de Dec de 2011

PSD não se revê na estratégia definida pelo plano e diz que é o documento de um homem só "as grandes opções do plano são a vontade, estratégia e decisão de um homem só". Para Acácio Dias, da bancada do PSD, é um documento "sem estratégia para alterar o rumo dos acontecimentos que se limita a distribuir recursos sempreocupação com o investimento gerador de riqueza".

A eleita da CDU também votou contra. É que apesar do executivo apregoar o apoio aos jovens, idosos e colectividades, os documentos, segundo Dulce Pinheiro, provam que as intenções superam os factos "caem os apoios à natalidade de 20 para 15 mil euros, reduz-se para metade o apoio ao cartão jovem, incompreensivelmente há mais apoios para o turismo sénior do que para despesas de medicamentos e não se vislumbra a construção do centro educativo de Caria que tem um verba cabimentada de apenas 5 mil euros".

Para Eduardo Gomes, líder da bancada socialista trata-se de um documento realista "que reflecte a conjuntura actual, de contenção orçamental sem esquecer as preocupações sociais".

Para Amândio Melo o plano e orçamento reflectem a aposta que o executivo e" não apenas o presidente" decidiu fazer nas pessoas "foi essa a nossa opção, olhar para o actual panorama e dar resposta às diferentes necessidades" e deixa como exemplo "a suspensão para o próximo ano das taxas comerciais".

O plano de actividade e o orçamento, próximo dos 8 milhões e meio de euros, foram aprovados com os votos contra do PSD e CDU e os votos favoráveis do PS e presidente da junta de Colmeal da Torre a quem o PSD deu liberdade de voto.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados