RCB/TuneIn
S√°bado, 20 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
MEDIDA ANTI CONSTITUCIONAL
Trabalhadores do distrito de Castelo Branco entregaram, na reparti??o de finan?as da Covilh?, um conjunto de reclama??es contra os cortes impostos pelo governo no subs?dio de natal.
Por Nuno Miguel em 19 de Dec de 2011

Outras da categoria:

A ideia foi lançada a nível nacional pela FENPROF e no distrito de Castelo Branco foi apoiada por todas as estruturas sindicais afectas à CGTP. Maria da Cruz Marques, dirigente distrital do SPRC, considera que "estes cortes são anti-constitucionais e por isso estamos convictos de que, mais cedo ou mais tarde, esta injustiça vai ser corrigida e o governo vai ser obrigado a repor estes valores".

 

Já o coordenador da união de sindicatos do distrito sublinha que "esta é apenas uma das formas de luta que vamos desenvolver nos próximos meses para contestar estas políticas do governo que estão a fazer cortes cegos e a penalizar quem trabalha e quem paga impostos".

 

Luís Garra refere que "não podemos aceitar que esta situação continue e naturalmente que o congresso nacional da CGTP, que decorre em Janeiro, vai ser um momento importante para a afirmação das propostas do movimento sindical e definição de novas acções de luta"


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados