RCB/TuneIn
Quarta, 23 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
GUERRA DE COMUNICADOS
Troca de comunicados entre a Comurbeiras e a comiss?o instaladora da Turismo Serra da Estrela. Comunidade Urbana das Beiras reitera a sa?da de 10 munic?pios do novo p?lo e pede a demiss?o da comiss?o instaladora depois desta ter classificado de falso o primeiro comunicado da Comurbeiras.
Por Paula Brito em 22 de Oct de 2008

Primeiro foi o comunicado da Comunidade Urbana das Beiras que veio dar conta da posição dos 10 municípios que não pretendem integrar a Turismo Serra da Estrela, vão interpor uma acção em tribunal para suspender os estatutos e criar uma nova entidade promotora do turismo na região.

No final da manhã, a comissão instaladora da Turismo Serra da Estrela vem, também em comunicado, "repudiar o comunicado assinado pelo presidente da câmara da Covilhã" que classifica de "falso por não manifestar a vontade dos municípios que o autor do mesmo diz terem subscrito". No comunicado a comissão deixa como exemplo os municípios de Manteigas, Trancoso e Sabugal que não foram informados, consultados, não subscreveram ou conhecem qualquer tipo de comunicado.  A comissão considera assim "abusivo o uso dos municípios que se empenharam em manter a marca Serra da Estrela e se revêem no projecto desta nova entidade turística".

No início da tarde, mais uma vez em comunicado, a Comurbeiras vem dizer que "é uma falta de respeito da comissão instaladora por autarcas eleitos", vem pedir a demissão da comissão instaladora antes que constate "que nada vai instalar a não ser a sua vontade frustrada de protagonismo turístico, agarrado a um poder que já não tem", e reiterar que os 10 municípios "deram o seu acordo à não adesão ao pólo turístico Serra da Estrela com os presentes estatutos", a saber: Almeida, Covilhã, Fundão, Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal, Trancoso e ainda o município de Gouveia que não faz parte da Comurbeiras.

 

       


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados