RCB/TuneIn
Segunda, 06 Dez 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CASTELO BRANCO: BD NO IPJ
As instala??es da direc??o regional do Centro /IPJ de Castelo Branco recebem, a partir da pr?xima sexta-feira (16 de Dezembro), uma exposi??o de banda desnhada de Pedro Emanuel.
Por Paulo Pinheiro em 14 de Dec de 2011

Trata-se de uma mostra de pranchas de BD sobre a figura histórica de Álvaro Gonçalves Coutinho - "O Magriço", lendário cavaleiro de Penedono (Viseu), da autoria de Pedro Emanuel.

“As aventuras cavalheirescas dos Doze de Inglaterra onde se evidencia o papel do cavaleiro Álvaro Gonçalves Coutinho, O Magriço, é um exemplo do espírito reinante na época medieval de exaltação dos valores d...a cavalaria, e que alimentavam o imaginário popular, proporcionando o aparecimento das novelas de cavalaria e de heróis apostados em dar a vida pela defesa da honra e da Pátria. Os cavaleiros que formaram o grupo que partiu em demanda até Inglaterra por alturas de 1390, para defenderem a honra de um grupo de 12 damas inglesas ultrajadas, eram originários das terras beirãs, onde se destacava o “Magriço”, cavaleiro que se viria a notabilizar pela sua valentia e bravura em combate e em torneios”.

Pedro Emanuel dos Santos Fernandes nasceu na vila de Gonçalo, no concelho da Guarda, residindo actualmente na cidade de Viseu.

Formou-se em Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, realizando na mesma universidade em parceria com o Centro de Estudos e Formação Autárquica especialização pós-graduada em Assuntos Culturais no Âmbito das Autarquias tendo feito o seu estágio na Câmara Municipal de Penedono. Posteriormente concluiu o Mestrado em

Política Cultural Autárquica com a defesa da tese: “A Rota dos Sentidos” na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra O seu percurso profissional tem-se desenvolvido enquanto professor do ensino secundário leccionando as disciplinas de Filosofia e Psicologia e na educação e formação de adultos. É no presente professor na Escola Secundária de Vila Nova de Paiva.
Desde cedo se interessou pelos domínios da arte, nomeadamente no campo das artes plásticas, no desenho, na pintura e na ilustração, áreas onde tem desenvolvido, de forma autodidáctica, alguns trabalhos. Realizou algumas exposições de pintura: Biblioteca Municipal de Sátão (1999); IPJ, Viseu (2001); exposição: “Cores da Nossa Terra”, Cine-Fórum, Penedono (2003); Posto de Turismo de Penedono (2006) e participou na Colectiva de Pintura da Feira de S. Mateus, Viseu (2006).
O ambiente natural, o ambiente construído, o gesto que o constrói, os rostos modelados no tempo, as tradições em vias de extinção são temas preferenciais assim como a natureza humana, a temporalidade e a finitude do ser, a efémera beleza que nunca há-de ser eterna. Interesse pelas áreas da filosofia política, existencial, antropologia filosófica e sobre questões que versam a actualidade.
O seu interesse pela Banda Desenhada levou-o a criar em pranchas de BD as aventuras de "O Magriço" e dos Doze de Inglaterra que agora podem ser vistas nesta exposição

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: IPJ


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados