RCB/TuneIn
Domingo, 29 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
ALZIRA SERRASQUEIRO PREOCUPADA
A governadora civil do distrito de Castelo Branco mostra-se preocupada com a inten??o de Fund?o e Covilh? n?o integrarem a ?Turismo Serra da Estrela?. COMURBEIRAS confirma recusa de dez munic?pios.
Por Paulo Pinheiro & Nuno Miguel em 22 de Oct de 2008

Para a Governadora Civil de Castelo Branco, a possibilidade de Covilhã e Fundão não integrarem a “Turismo Serra da Estrela” revela “pouco bairrismo do distrito”. Em declarações à RCB Alzira Serrasqueiro afirma que “ já não faz sentido que o distrito esteja dividido em dois na reorganização do turismo, quanto mais existirem divisões em torno da Serra da Estrela”. Segundo a governadora civil do distrito de Castelo Branco, divisão é igual a perda, esperando que neste processo “haja bom senso”. 

A posição da governadora civil surge quando, em nota à comunicação social enviada ontem à noite, o presidente da comunidade urbana das beiras (COMURB) confirma a recusa de dez municípios de aderirem a nova entidade. Segundo o documento, Almeida, Covilhã, Fundão, Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal e Trancoso decidiram não integrar o novo pólo por considerarem que “os estatutos publicados não correspondem à realidade turística regional”.

As câmaras decidiram criar uma nova entidade que vise a promoção turística integrada na área destes municípios se a secretaria de estado do turismo mantiver a posição de não proceder à alteração, dos estatutos publicados, que “contemple a vontade da maioria dos municípios que compõem o pólo de desenvolvimento turístico”.

As autarquias decidiram interpor, junto dos tribunais, uma acção que vise a suspensão da eficácia dos estatutos, “por inferirem de ilegalidades”. Apesar de não integrar a comunidade urbana das beiras, o município de Gouveia subscreve a posição da COMURB, segundo pode ler-se na nota enviada à comunicação social.

José Manuel Biscaia, em declarações ao Diário XXI, nega ter subscrito qualquer comunicado, na reunião da COUMURB, no passado dia 15 de Outubro "ninguém subscreveu nenhum comunicado. O assunto foi abordado à margem da reunião e apenas os autarcas de Mêda e Almeida manifestram discordância", refere o presidente da câmara municipal de Manteigas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados