RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
PSD CRITICA DEPUTADOS SOCIALISTAS
O presidente da comiss?o pol?tica distrital do PSD de Castelo Branco acusou o Governo e os deputados socialistas, eleitos pelo distrito de Castelo Branco na Assembleia da Rep?blica, de deixarem ao abandono o distrito. Carlos S?o Martinho Gomes afirma que os quatro deputados socialistas nada t?m feito para defender a regi?o.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito & Nuno Miguel em 21 de Oct de 2008

Esta a reacção do líder da distrital social-democrata, quando questionado sobre o conteúdo do comunicado dos deputados do PS que repudiam a intenção da CMC de abandonar a “Turismo Serra da Estrela” e apelam ao presidente da autarquia covilhanense para ponderar uma decisão que “pode causar graves e irreparáveis danos à Covilhã, à região e ao distrito”.

De acordo com Carlos São Martinho Gomes, os deputados do partido socialista “deviam estar connosco na defesa dos interesses do distrito, aliás já os desafiámos várias vezes, ao invés de andarem a passear nas alcatifas dos corredores da Assembleia da República”. Para o líder da distrital social-democrata, existem no distrito problemas tão graves e “ninguém ouve os deputados do PS, se calhar não têm força nenhuma”.  Carlos São Martinho Gomes espera que o secretário de estado do turismo tenha algum poder e “ não se deixe maniatar por interesses menos claros e pessoais”. 

Esta terça-feira dez dos quinze municípios, que integram a “Turismo Serra da Estrela”, devem emitir um comunicado conjunto dando conta da intenção de todos abandonarem o novo organismo. A garantia dada pelo presidente da câmara municipal da Covilhã que aconselha os deputados do PS, eleitos pelo distrito de Castelo Branco, a canalizar os esforços para o secretário de estado do turismo no sentido de “não permitir que alguém monte a panelinha para se perpetuar no poder. Só convencer a câmara da Covilhã não adianta nada”, rematou Carlos Pinto.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados